Top Dez: Resoluções literárias para 2016

Como vocês sabem, além de escritora também sou blogueira (lá no Por Essas Páginas, aliás, onde esse post foi originalmente publicado) portanto vou juntar aqui todas as minhas metas literárias para 2016, tanto aqui no blog, quanto na minha carreira, além de algumas pessoais. Vamos lá?

INVERSOPublicar Reverso, a continuação de Inverso, na Bienal de São Paulo

Em 2015 eu estive pela primeira vez em uma Bienal (no Rio) como autora publicada e com meus livros em um estande próprio. Foi uma experiência fantástica, a realização de um sonho. Inverso foi publicado pela Draco e eu estive no estande da editora para autografar e vender meu livro; a sensação de ver sua obra exposta em uma feira de tamanha importância no cenário do mercado nacional e, principalmente, a satisfação de encontrar e conhecer leitores, de autografar naquele momento para eles, é indescritível. Quero repetir a dose lançando Reverso, a continuação de Inverso (e final da duologia) esse ano aqui em São Paulo, no estado que é a minha casa. Saiba como adquirir Inverso.

Escrever um livro baseado no conto NinguémNinguém

Publiquei esse conto em 2015, também pela Draco (baixe gratuitamente aqui). Foi incrível como o conto teve uma ótima resposta dos leitores e muitos deles me pedem por um livro sobre “O Cirurgião” (se ficou curioso, vai ler o conto!). Tantos, que resolvi atender o pedido e estou tendo umas ideias aqui para um livro sobre esse universo. Será o primeiro livro que vou escrever a pedido dos leitores! (tudo bem que tem muita gente pedindo Reverso por aí, mas ele é a continuação de um livro, acho que não vale – e além do mais, já está escrito)

Reler mais alguns livros da série A Torre Negra (ou todos) e postar as resenhas no Por Essas Páginas

banner_especialtorreEssa é uma meta de 2015 que ficou para 2016. Eu amo, amo de coração, essa série do King, talvez seja uma das séries que mais amo, e sempre quis apresentá-la como se deve no Por Essas Páginas. Mas apesar disso ela é uma série longa e bastante densa, então fica difícil agendar as releituras em meio a tantos lançamentos e livros ainda não lidos na estante. Até agora só resenhei o primeiro livro, O Pistoleiro (leia a resenha), mas esse ano pretendo resenhar mais: não vou colocar metas malucas, ao menos dois livros da série, quem sabe três? Isso também me ajudará a ler mais Stephen King (depois que li Revivale amei – percebi que estava devendo ler mais do meu escritor favorito).

Publicar um light novel de Boy’s Loveboyslove

No finalzinho do ano passado recebi um convite muito bacana do meu editor: escrever um light novel com o tema Boy’s Love. Para quem não conhece, light novel é um romance curto, ilustrado geralmente no estilo mangá/anime, e a Draco está se lançando nesse tipo de publicação com sua série de Boy’s Love (que também conta com antologias de contos, como a Boy’s Love – Sem limites, sem preconceitos, na qual estou presente com um conto). Um exemplo de light novel é o fofíssimo Boy’s Love – Flor de Ameixeira, da Dana Guedes, que eu super indico (leia a resenha). Pois bem, eu estou escrevendo o romance e me divertindo muito! Espero que vocês também gostem. 😉

Ler mais livros nacionais

Ler nacionais é mais que uma meta para sempre na minha vida: é uma alegria, um amor, uma coisa maravilhosa a se fazer. Afinal, eu sou a Cuca, certo? E a Cuca sempre quer mais livros brasucas. Dê uma olhadinha na coluna A Cuca Recomenda aqui no blog e encontre minhas leituras verde, amarelas e azuis de 2015 e outros anos.

sao-paulo-agenda-a-bela-e-a-fera-no-cine-mube_thumb[9]Terminar um projeto fofo em conjunto com a Melissa de Sá

Esse projeto que a Mel me convidou é tudo de bom, tem tudo pra dar certo e ser sucesso. É sobre princesas, gente! Ele só tem um problema: é muito fofo. E eu não sou uma escritora fofa. Eu sinto falta de escrever tragédias e coisas infelizes e aterrorizantes. Meu 2016 precisa ser mais fofo! Conheça alguns romances bonitinhos meus (ei, eu também escrevo romances!) aqui, aqui e aqui.

Comprar um Kindle novo

O meu Kindle… ele… ele morreu, gente! *chora litros* É verdade e não tem jeito, ele já passou da garantia, aconteceu ano passado, e eu agora faço minhas leituras digitais no celular. Mas ainda sinto falta. Quase (quase mesmo!) comprei um na Black Friday, mas recuei no último instante. Culpem a crise, culpem a capricorniana mão-de-vaca aqui. Mas eu realmente tô sentindo falta e tô vendo que vou precisar comprar um esse ano. Quem sabe o Paperwhite?

Participar de mais eventos literários

Eventos literários são amor, ainda mais quando você está lá com seus próprios livros. Ano passado estive na Anime Friends, Bienal do Rio, Comic Con XP e alguns lançamentos em livrarias. Esse ano quero ser mais assídua a esses eventos!

bebesLer um livro para minha sobrinha

Eu vou ser titia! Minha primeira sobrinha, e estou muito feliz. É claro que, como uma boa tia, já comprei livros para ela e ano que vem quero ler a primeira historinha dela. ❤

Essa é segredo!

Segredo de estado! É algo que estou me dedicando desde o ano passado e ainda não consegui realizar. Mas tenho certeza que, quando eu conseguir, vocês vão logo saber. É literário, é ambicioso, tem a ver com a carreira de escritora, mas não posso contar. Fica a dica.

E vocês, o que planejam pra 2016?! 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: