As últimas palavras…

Por Karen

Terminei o livro! O_o

Ok, vamos começar isso direito. Olá pessoal! Mais uma semana do meu desafio com a Mel, do Mundo de Coisas Minhas. Eu estava achando que o título desse post seria “O Fiasco”, porque semana passada meu desempenho foi medíocre. 2.514 palavras em uma semana? C’mon, eu poderia fazer melhor que isso, não? E é por esse motivo que eu pirei.

Ontem eu enlouqueci. Sentei meu traseirinho na cadeira, olhei para o papel e disse para mim mesma: “Hoje eu termino isso aqui. Chega de enrolação.” Faltava ainda o final do capítulo 15 (que estava me emperrando), todo o capítulo 16 e o epílogo. Parecia muita coisa. Mas eu insisti. Escrevi 3.798 palavras. As últimas palavras. E… acabei!

Agora eu mal posso acreditar…

São 16 capítulos e um epílogo, 161 páginas (por enquanto), 48.237 palavras. Tive essa idéia em algum ponto de janeiro 2.005. Comecei a escrever o livro em 9 de janeiro de 2.006 – sim, eu anotei a data. Parei de escrever. Escrevi outras coisas no caminho. Passei por várias experiências. Voltei a escrever. Terminei em 16 de janeiro de 2.012.

É engraçado ver isso no papel. Algumas coisas mudaram muito, outras nem tanto. Algumas imagens são assustadoramente as mesmas da primeira vez que eu imaginei. E agora, o que fazer?

Vou revisar o texto até o final do mês, aproveitar que ainda me faltam quase duas semanas do desafio. Depois disso, mandar para algumas pessoas queridas e sinceras revisarem. E depois? Registrar o livro no ISBN. Preparar uma apresentação e enviar para as editoras. Esperar. Escrever mais. O trabalho não acabou, pelo contrário, mal está começando. E eu estou animadíssima.

E só tenho a agradecer pelo apoio.

E agora, seja lá como for… Vou continuar tentando.

Por último, segue abaixo um pequeno trecho do livro. Eu já mostrei outros trechos, a sinopse e sobre a protagonista. Agora esse trecho é para vocês sentirem o clima da história. Esse é o terror a que me refiro. E no final do trecho, uma breve aparição do antagonista do livro – que é minha personagem preferida nessa história.

Eu tentei acelerar o passo, mesmo que minhas pernas reclamassem, mas o lugar só ia ficando mais distante, bem como as paredes intensamente brancas se tornavam cada vez mais sujas; primeiro, amareladas, depois, com manchas de cor marrom, até que eu vi manchas vermelhas, e tive a impressão horrível de que elas eram de sangue. O chão também tinha escurecido, e eu dei um grito quando percebi que não pisava mais no piso frio, branco e brilhante, mas sim em um chão gorduroso e grudento, manchado de vermelho vivo e marrom barrento.

Foi só aí que eu lembrei que estava descalça e senti nojo de pisar naquilo. Eu tentei voltar, mas quando me virei, o corredor todo estava daquele jeito. Não havia mais as paredes brancas, tão brancas que cegavam meus olhos. Por todo lugar, as paredes pareciam descascar, podres, e eu tinha a sensação crescente do medo correndo em minhas veias com maior intensidade, pulsando mais forte que meu próprio sangue.

Até que uma porta se abriu, rangendo.

Eu recuei ao ver a pessoa que saiu por ela. E meu medo aumentou até se tornar quase insuportável. Eu estava tão aterrorizada, que nem conseguia correr – que era o que eu queria fazer.

O homem que estava na minha frente era aquele mesmo que eu conhecia tão bem, o homem que tentou preencher um vazio quando entrou na minha vida, mas criou uma ferida exposta quando saiu dela, o homem que estava me perseguindo há dias…

Anúncios
Comments
8 Responses to “As últimas palavras…”
  1. Thiago Kuhl disse:

    Parabéns Karen, missão dada é missão cumprida, certo? Hahaha
    Espero ler esse logo. E quando publicar vou querer uma edição autografada! Haha
    De novo, parabéns!

    Curtir

    • Karen Alvares disse:

      Valeu Thiago! hahahaha 😀
      E eu espero conseguir publicar esse livro (logo), aí você vai ler e eu com certeza assinarei com uma mensagem. Você me acompanha há muito tempo! E depois que você leu toda as fics de novo, é o mínimo que eu posso fazer né? rs
      Obrigada!!!

      Curtir

  2. Melissa disse:

    Ai menina, parabéns! Você é o orgulhinho desse desafio! E esse livro promete, hein?

    Dá-lhe Kakazinha?

    Ah, e qual é o seu nome de autora? Karen Álvares?

    Curtir

  3. Nivia disse:

    Sabia!!! Você comentou uns dias atrás que não tava gostando do que escreveu, mas tinha certeza de que em algum momento, ia conseguir desempacar e terminar o livro da maneira que queria!
    O trecho deixou uma impressão medonha… rs

    Ai que linda, já vai revisar o livro! *-* Você é sim um orgulho, tá tornando seu sonho uma realidade! Primeiro livro tá escrito já. E quero muuuuuito ler!

    Olha, acho que Karen Álvares tá muito bom, e não tenho sugestões, ao menos.

    Curtir

    • Karen Alvares disse:

      Ai, eu ainda continuo não gostando muito desse capítulo que eu emperrei, mas deixei estar, porque precisava sair dali e terminar. Aí agora que eu estou revisando eu reescrevo ele. Mas terminei!!! E o final ficou do jeito que eu imaginei. Faltam umas modificações aqui e ali, mas texto é assim, eu não consigo ler sem mexer nele…
      Viu viu? Agora você viu porque o livro é de terror. =D
      Você acha que esse nome tá bom? Eu vou usá-lo então.
      Primeiro livro escrito! Nem acredito.
      E é claro que você vai ler! 😉

      Curtir

  4. Clarisse disse:

    eu adorei o desafio de vocês, me incentivou a retomar a escrita de alguns textos que estavam esquecidos há anos. Fiquei muito interessada nos trechos do seu livro. Espero ver ele publicado logo! Boa sorte.

    Curtir

    • Karen Alvares disse:

      Clarisse, só de saber que o nosso desafio inspirou alguém a escrever, já fico satisfeita! Escreva, escreva, escreva, e coloque metas para si mesma! E depois não se esqueça de divulgar seus textos e postar aqui um link para conferirmos! 🙂
      Fiquei muito contente que se interessou pelo meu livro. No momento, ele está em revisão, e depois vai passar por algumas pessoas antes que eu comece a procurar uma editora. Realmente vou precisar de muita sorte, mas tenho esperança, não sabemos o que podemos conseguir se não tentarmos, não é?
      Boa sorte para você também!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: