O que te faz lembrar da sua infância?

Por Karen

Estão vendo essa pergunta do título do post?

Eu a respondi para um concurso do site Vá Ler um Livro, aliás, super recomendo, para quem gosta de livros. E hoje de manhã tive uma grata surpresa na minha caixa de entrada: um e-mail dizendo que o meu texto tinha sido escolhido e premiado!

Tem como explicar como eu fiquei feliz? Não sei se dá… Quer dizer, mais do que os prêmios – se bem que eu adorei os prêmios, três livros lindos, minha gente! – eu fiquei feliz por terem gostado do que eu escrevi. Foi apenas um texto sem pretensões, de coração, falando sobre a minha infância com a minha família.

Só sei que pelo trecho, vocês vão perceber como eu amo minha família.

“De tudo o que me lembra minha infância, lembro mais da camiseta vermelha de minha mãe, com o desenho de uma tenista, que ela sempre colocava quando saía e eu sabia, ela me traria chocolate quando voltasse. Lembro dos dias de verão, do cheiro do mar, e do calor da praia quando meu pai caminhava por horas comigo, e nós dois nos refrescávamos no mar juntos, compartilhando aqueles momentos como se fossem segredos apenas nossos e de mais ninguém. Lembro do gosto açucarado dos doces de minha avó, das descobertas e invenções de meu avô, das bolachas e risadas divididas com minha irmã, da necessidade urgente de ser feliz todos os dias. São tantas lembranças, tantas coisas a serem lembradas, que não dá para escrever em um pedaço de papel, talvez nem um livro. Porque apesar de um livro nos transportar para mundos maravilhosos, essas lembranças, esses cheiros, são apenas meus. Pertencem ao meu livro de lembranças, da minha infância.”

O link para o resultado está aqui.

E o motivo desse post é que eu gostaria de compartilhar essa minha pequena vitória de hoje. Obrigada por lerem o que eu escrevo e pelo apoio!

Anúncios
Comments
10 Responses to “O que te faz lembrar da sua infância?”
  1. Melissa disse:

    Kakazinha, adorei o texto! Realmente mereceu um prêmio! Parabéns!

    Curtir

  2. Lucy disse:

    Comadre, eu quero um autógrafo e tem que vir com a patinha da Ginny do lado!
    Adorei seu texto Kakazinha! Vc escreveu com sentimento, isso fez a diferença! =D
    Bjos bjos

    Curtir

    • Karen Alvares disse:

      Awnnnnnn que fofa, comadre! 😀 hahahaha
      A Ginny tem que dar mesmo um autógrafo porque nessas horas que eu escrevo ela sempre tá junto dormindo ou ronronando em cima de mim!!! Por isso que gatos são os melhores companheiros para escritores rsrs ^___^
      Obrigada, Lu, fiquei feliz que gostou. Eu ainda estou tão feliz por esse resultado 😀

      Curtir

  3. Tatiany Leite disse:

    Oi Karen, você mereceu! Sentimos suas lembranças por cada letrinha!

    Espero que possamos sempre proporcionar esse sentimento nas pessoas!

    bjs

    Curtir

    • Karen Alvares disse:

      Obrigada, Tatiany!
      Mais do que pelos prêmios, o que me deixou mais feliz foi gostarem do que eu escrevi. 🙂 E o concurso tava uma delícia, foi muito gostoso relembrar a infância com ele.
      Parabéns pelo ótimo blog, eu sempre acompanho os posts! É maravilhoso para os fascinados por livros como eu.
      Beijos!

      Curtir

  4. Karla disse:

    Eu sou suspeita para fazer qualquer comentário sobre esta pessoa incrível que é a minha irmã. Só tenho doces palavras para explicar o que sinto por esta pessoa querida que entrou na minha vida quando eu tinha 7 anos para se tornar a minha ggrande amiga, companheira e confidente. Este texto é parte da minha vida também e não preciso dizer que chorei muito quando li. Os detalhes são perfeitos e descrevem realmente momentos de extrema felicidade que infelizmente não voltam jamais. Obrigada minha querida Karen, por ser tudo de bom, pelo seu apoio, pela sua lembrança meiga de tantos momentos bons traduzidos em palavras. Te amo.

    Curtir

    • Karen Alvares disse:

      Agora é você que quer me fazer chorar com suas palavras né, maninha?
      Meu maior tesouro são as pessoas que eu amo, como você, e as lembranças que construímos juntos e que ainda vamos construir.
      Te amo muito para sempre.

      Curtir

  5. alex disse:

    legal. Até parece cada um de nós. Cheiro de feijão cozinhando, cheiro do mato, sabonete, mingau de milho que tinha cheiro de chiclete com banana que serviam na escola. O cheiro faz lembrar a infancia. Alex-jataí goiás

    Curtir

    • Karen Alvares disse:

      Era exatamente o que eu queria passar, Alex. E gostei do seu relato também. Engraçado como cada um de nós tem cheiros que lembram da nossa infância, mas temos em comum que apenas que queríamos ser felizes e aproveitar cada minuto daquela época ao máximo.
      (e você lembrou bem… hummmm cheiro do feijãozinho da minha mãe cozinhando… que delícia!)

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: